Cheiro

A insônia voltou, não entendi bem o porquê, mas a falta de sono, além de aumentar as olheiras já imensas e profundas como esse abismo que carrego no peito, afeta em muito o julgamento. Talvez eu devesse julgar menos, mas esse cheiro que permanece no meu cabelo não me deixa esquecer. Julgo a mim mesma, queria escrever um livro, mas não consigo nem escrever um post decente, talvez se eu tivesse lido Borges eu fosse mais inteligente, soubesse as respostas certas, ou pelo menos fizesse perguntas melhores. É esse cheiro, quando tudo era um vazio de imagens construídas era tão mais fácil. Simples é lidar com palavras, difícil é lidar com pele. Desisto de lidar, mas não durmo, o que na prática dá na mesma. Continuo achando que uma pandemia mundial é uma ótima desculpa para se perder totalmente o controle, repito isso aos quatro ventos, seria muito mais interessante se eu não tivesse descarrilhado lá atrás. Talvez eu devesse cortar os cabelos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s