Respirar

Foi numa terça-feira, numa manhã cinza e gelada, exausta de uma noite insone, pensando na falta de sentido da vida, que a coisa me chegou: é só isso mesmo, respirar e amar. Ouvir Maria Bethânia, declamar a poesia das amigas, escrever cartas de amor. Pouco importa o passado, o futuro já não há, então, nesse eterno presente, só o que vale é manter a roda da vida girando. Respirar e amar. Ajuda uma boa alimentação, uma taça de vinho, caminhadas ao ar livre. Se nada disso há, respiro. E amo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s