Normal

Bom dia, Helena, uma chuva torrencial nessa segunda-feira e a vida retoma o seu curso, ou pelo menos deveria, segundo me avisa o mundo. Todas as pessoas seguem buscando o “novo normal” e eu odeio tanto, mas tanto essa expressão, porque já não havia nada de normal antes da pandemia, só golpe e necropolitica e, no meu caso, só dor e sofrimento mesmo. Seiscentos mil mortos, Helena, que normal é esse em que a vida não vale nada? Eu recuso o normal, não quero esquecer nem seguir a diante e nem fingir que está tudo bem. Não havia normal antes, não há normal agora. Quero vestir um manto com o nome de todas as pessoas que elegeram esse facínora, com o nome de todas as pessoas que participam desse governo e andar por aí, vestida de morte, porque eu não vou esquecer, Helena.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s