Há tempos

“Parece cocaína, mas é só tristeza”, sempre lembro dessa parte, porque uma vida inteira sendo triste e disfarçando com outras coisas. Hoje em dia coloco a culpa nos hormônios, muito mais fácil do que assumir que sigo só, miseravelmente só, mesmo que o problema não seja esse, mas é, porque é tão mais fácil encarar todo o resto, a falta de dinheiro, a condição dos filhos, a apatia, a falta de perspectiva, esse fim de mundo cotidiano, quando não se carrega um coração partido. Não peço nada, nada, e mesmo um nada é tão difícil de encontrar. Sigo, mas exausta, Helena.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s