Feito a mão

Todas as cartas de amor são ridículas, não é Helena? Eu mudaria para todas as pessoas que amam são ridículas, porque olha, dias costurando e descosturando um presente, nem Penélope aguentaria, só pensando na metáfora para a minha vida: torto, mal acabado, sem molde, umas partes feitas erradas e remendadas por cima, um esforço gigantesco para esconder as gambiarras, um amor em cada ponto rapidamente dando lugar a “agora vai na força do ódio”. Um ano. Planejando o futuro? Não, imaginando um boneco.

Cleiton, o cthulhu mais feio do mundo. E eu, uma ridícula apaixonada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s